Script Brasil

Pixar lança RenderMan gratuitamente

Há aproximadamente um ano, a Pixar fez uma promessa que deixou a todos muito ansiosos: a empresa iria lançar uma versão do RenderMan para uso não comercial e de forma gratuita.

O tempo passou, e finalmente a Pixar lançou a versão gratuita para uso não comercial do RenderMan, que é um software que foi utilizado, entre outras coisas, no processo de criação de animações famosas como Toy Story, Procurando Nemo e Wall-E.

27 anos de atuação

Pixar lança RenderMan gratuitamente

Considerado um dos softwares mais importantes e revolucionários da indústria de animações gráficas, o RenderMan chegou ao ponto de ter reconhecida a sua grande contribuição ao segmento pela premiação do Oscar, que foi feita especialmente para o programa.

O RenderMan é tão importante que, para quem não sabe, sua primeira versão foi lançada há 27 anos, e várias atualizações foram feitas ao longo dos anos, até que se chegou à versão atual.

E não foi apenas dentro do segmento de animações que o RenderMan foi utilizado, já que os préstimos do software também foram requisitados para que cenários de grandes produções como Titanic, Star Wars (trilogia recente) e também Senhor dos Anéis (trilogia completa).

Para sua utilização comercial, a Pixar sempre cobrou um valor de licença, que profissionais pagaram ao longo dos anos para lançar mão dos recursos do RenderMan para a criação de filmes dos mais variados.

Estratégia para tornar o RenderMan mais conhecido

O que muita gente pode não entender é o motivo que levou a Pixar a criar uma versão gratuita do RenderMan, já que ele é tão bem sucedido e costuma render (sem trocadilhos) bom retorno financeiro.

A própria Pixar já deixou claro que deseja fazer com que o RenderMan se torne muito mais conhecido do que ele é hoje entre os profissionais que atuam com animação gráfica.

Pixar RenderMan

Deste modo, criando uma versão gratuita do software, fica mais fácil para qualquer profissional ter em mãos alguns dos recursos espetaculares que o RenderMan disponibiliza.

Apesar de não ser feita para utilização comercial, a versão gratuita do RenderMan é completamente funcional, tendo praticamente todos os recursos atualmente oferecidos pelo software.

No entanto, para quem desejar usar o RenderMan para fins comerciais, a boa notícia é que o valor de taxa de licença é de “apenas” US$ 495, com uma opção de renovação anual que sai por US$ 200.

Como muitos profissionais já devem ter percebido, estes são valores realmente interessantes para uma ferramenta de tal magnitude.

Postado em .


Pela Web

Comentários