Script Brasil

Autodesk mostra sua impressora 3D

As impressoras 3D têm causado um grande alvoroço e revolução no cenário da informática e demais tecnologias. No entanto, as máquinas desse tipo ainda são bastante inacessíveis e voltadas para o mercado corporativo, sendo de difícil acesso para o consumidor final, que não consegue arcar com os altos custos da ferramenta.

Esse tipo de impressora é capaz de criar e montar objetos sob o método de impressão de camada sob camada, criando o objeto assim como foi planejado e produzido através dos métodos de diagramação e projetos em 3D. Para que seja possível dar origem a objetos e concretizá-los a partir das impressoras é necessário partir da criação em modelagem tridimensional por meio de softwares ou então utilizando modelos de objetos prontos e disponíveis na web.

Autodesk mostra sua impressora 3D

Depois disso é só dar início à impressão, quando a impressora aquece o material- que costuma ser plástico- e passa a desenvolver o objeto produzindo camada por camada e unificando-as.

Muitos objetos já foram produzidos através dessa técnica e algumas empresas têm investido no aluguel desse tipo de produto. No entanto, muito tem se questionado sobre os prós e contras, já que alguns objetos como armas já tentaram ser produzidos por esse meio. Entre os benefícios do emprego dessa técnica estão a possibilidade de customização e redução do desperdício e, em contrapartida, são apontadas como limitações a complexidade dos softwares e produção de objetos em modelagem 3D por leigos, além do alto custo e o tempo que é necessário para a conclusão da impressão.

Autodesk Impressora 3D

Entretanto, o cenário vem sendo modificado, na medida em que a indústria da informática vem se aperfeiçoando e buscando formas cada vez mais facilitadas para oferecer o produto diretamente para o consumidor final com custos menores e mais facilidade na criação. Sob essa perspectiva, a Autodesk lançou no dia 15 de maio uma impressora 3D voltada para o consumidor final.

O visual da impressora é bastante atrativo e lembra uma cafeteira, mas o design final será feito em parceria com os consumidores que opinarão e auxiliarão no desenvolvimento. A companhia pensou além e deseja disponibilizar também uma plataforma de criação e impressão em objetos 3D, baseando-se num software aberto e que contribuirá na facilitação e maior controle do que se imprime e cria através das impressoras. A plataforma e a impressora devem aparecer no mercado ainda em 2014 e o preço do equipamento é especulado em, aproximadamente, R$ 11 mil.

Postado em .


Pela Web

Comentários