Script Brasil

Tela sensível ao toque não estava nos planos do Google

A modernidade de ter tudo na palma da mão, ou num simples toque na tela, como os objetos que possuem a tecnologia sensível ao toque, ou simplesmente touchscreen, pode ser desejo de muitas operadores e fabricantes de telefonia móvel, ou empresas que trabalham nos mais diversos ramos da tecnologia. Porém, após o vazamento de alguns dados, chegou-se a informação de que, a grandiosa Google não previa usar tal sistema interativo em seus produtos que se utilizam do sistema operacional Android. Saiba agora o porquê da tela sensível ao toque não estar nos planos do Google.

Tela sensível ao toque não estava nos planos do Google

Assim como muitas situações que vem à tona após brigas judiciais, ultimamente se soube, que o sistema operacional Android, que é vinculado a marca Google, não seria utilizado nos modernos celulares com telas sensíveis ao toque, sendo que o dispositivo só passou a ser comercializado para entrar em rota de colisão junto ao campeão de vendas Iphone, da super concorrente Apple. A informação só chegou ao conhecimento da mídia, após uma guerra nos tribunais que envolve a marca coreana Samsung e a própria Apple. 

O ano é 2006, ou seja, 8 anos atrás, o sistema operacional nem existia, porém, era tratado como projeto pelo Google. Esse projeto, já tinha um enredo, e as empresas que gostariam de ter tal sistema em sua operação, deveriam respeitar um preceito básico. Segundo a documentação conseguida, o principal seria usar um aparelho bem próximo ao convencional e sem muita tecnologia aparente. As empresas de telefonia dispostas a usar o sistema em suas plataformas móveis, deveriam fabricar aparelhos com um mínimo de teclas para serem acessadas através do sistema. Entre as teclas estariam botões de seleção, setas para uma navegação simples e corriqueira e principalmente o tradicional teclado alfanumérico.

Tela sensível ao toque não estava nos planos do Google

Tudo que era um simples sistema, muito parecido ao usado pelo Windows, mas foi modificado entre 2007 e 2008, quando os smartphones se tornaram febre no mundo através do Iphone. Tentando entrar nesta fatia do mercado, que movimenta milhões de celulares e dólares todos os anos, a Google decidiu entrar de cabeça e, hoje, o Android é um dos sistemas operacionais mais ligados a era digital de um simples toque. 

Isso quer dizer, que até mesmo as grande empresas às vezes têm certa dificuldade em enxergar um horizonte entre a tecnologia e a necessidade. Com a escolha do Google, não só a empresa ganhou, como os usuários tiveram uma nova opção para escolher a qual melhor se adapta a sua necessidade.

Postado em .


Pela Web

Comentários