Script Brasil

Luvaglio One Million Dollar: o notebook de US$1.000.000

Quais são os seus sonhos de consumo? São muitos e exóticos? Gosta de instrumentos tecnológicos? Se não, muitas pessoas são capazes de investir fortunas em equipamentos de informática sofisticados e customizados, você sabia?

Recentemente, no ano de 2007, a empresa inglesa Luvaglio, fundada em 2005, resolveu lançar um pequeno tesouro em forma de notebook: trata-se do fabuloso Luvaglio One Million Dollar Laptop que, como o nome indica, tem o preço indicado de US$ 1 milhão – mais de R$ 2 milhões.

Detalhes dos Luvaglio One Million Dollar Laptop

Luvaglio One Million Dollar Laptop

A marca, especializada no mercado de tecnologia de luxo, criou o modelo, contando com a seguinte – e incrível – descrição:

  • 1 Tela do tipo widescreen de 17’’, que tem tratamento especial antirreflexivo;
  • 1 HD de 128Gb de capacidade e um drive para blue-ray;
  • 1 limpador de tela já integrado;
  • 1 peça de – acredite – diamante raro e colorido, bem na área do botão de ligar e desligar, que tem a função de identificador de usuário e,ainda por cima, pode ser usado como anel;
  • Porta USB.

Além de tudo isso, o Luvaglio One Million Dollar Laptop conta com a expertise de grandes joalheiros, que trabalham no design de cada peça, que é encomendada individualmente, com itens customizáveis, como variados tipos de couro, madeiras nativas e metais preciosos. Pelo fato de poder ter suas peças modificadas e espaço interno, a máquina poderá passar por quaisquer upgrades, jamais tornando-a obsoleta.

Notebook mais caro do mundo

Todos esses diferenciais, segundo a Luvaglio, conseguem justificar seu preço, embora tenha sofrido um grande número de criticas bastante negativas em resenhas pela internet, nas quais era dito que a configuração era a de um laptop médio de qualquer marca bem mais barata e que esse item, por tal preço, era algo fora de qualquer lógica. Fato é que por US$ 1 milhão é possível adquirir, nada mais, nada menos, que 250 unidades do modelo Sony Vaio 350 BP.

Pouquíssimas informações oficiais têm sido divulgadas a respeito dessa peça, tampouco há estimativas sobre o número de pedidos. Há dúvidas, inclusive, se a empresa chegou a produzir qualquer unidade física do produto. Bem, mas a ausência de rastros é compreensível, haja vista que até mesmo o site oficial da Luviglio apenas aceita clientes especialmente convidados – a confirmação do mesmo só ocorre mediante o envio de um email que comprove que você seja rico o suficiente para arcar com a compra de qualquer um daqueles produtos, que são, de fato, acessíveis a uma parcela ínfima da população mundial.

Postado em .


Pela Web

Comentários